Castelo Monterinaldi – degustando vinhos do Chianti

Ir na Toscana e não provar um vinho é quase um pecado mortal ao nível de ir a Roma e não ver o papa. E já que estamos na terra do vinho Chianti, a melhor forma de aproveitar as paisagens delirantes é com uma boa taça a mão.

Captura de Tela 2014-04-25 às 23.26.20

Região do Chianti

Na verdade, Chianti é o nome do vinho que possui determinadas características e só é produzido na região entre Siena e Florença. Uma das estradas principais que percorrem os vinhedos e as cidades produtoras do Chianti é a S222 ou também Chiantigiana. Esse percurso é um dos mais belos da Toscana. Percorrem-se colinas, arbustos e campos e mais campos produtores de vinho.

IMG_4317

Entrada da Fazenda Monterinaldi

O símbolo do vinho Chianti é o galo preto e a história por trás é, digamos, curiosa. Dentre as diversas rivalidades envolvendo Siena e Florença, umas delas dizia respeito a disputa das fronteiras da região do Chianti. Para resolver essa questão, resolveram que um cavaleiro de cada cidade sairia da mesma ao ouvir o galo cantar na manhã e correriam até os dois se encontrarem. No lugar em que se encontrassem, seria o limite entre os domínios das duas cidades. Siena escolheu um galo branco e deu bastante comida para deixá-lo forte para que cantasse bem alto no nascer do sol. Florença, ao contrário, escolheu um galo preto e não deu nada para que ele comesse. Conclusão: o galo de Florença acordou antes mesmo do nascer do sol de tanta fome que sentia e o cavaleiro florentino saiu em vantagem, dominando grande parte da região do Chianti.

Quando estava planejando a viagem pela região, li sobre diversas fazendas e vinîcolas que ofereciam degustação de vinho e a melhor opção que encontramos foi o Castelo Monterinaldi. Primeiro pela localização em Radda Chianti, região que fica a 30 minutos de Siena. Segundo pelas opções que oferece. Por e-mail conversei com o simpático Fabrizzio que me passou rapidamente as possibilidades de passeios: tour+degustação (5 euros), tour+degustação+snacks (15 euros), tour+degustação+almoço (25 euros), além de aulas de culinária, de winemaker para aprender a fazer vinhos e hiking com almoço e degustação.

A fazenda era um castelo por volta do ano 1.010 e assim permaneceu até 1.268 quando foi destruído por Siena em uma guerra. A área depois foi transformada em uma fazenda produtora de vinhos e assim é até hoje.

IMG_4292

Um pouquinho do Castelo Monterinaldi

Nós escolhemos fazer o tour com degustação e almoço. O horário que eles marcam é em torno de meio dia, mas o tour é feito de forma individual, então não há muita rigorosidade no horário. Como nos atrasamos um pouco em Siena, chegamos por volta de 12:30. Muito importante: o GPS só reconhece o lugar pela latitude e longitude que o Fabrizio manda por e-mail.

Assim que chegamos, fomos recebido por uma simpática menina que foi nossa guia por todo o passeio. A primeira parte foi o tour em que conhecemos um pouco das videiras, o local de produção do vinho, os barris de estocagem e um pouco da história do lugar.

IMG_4291

Depois veio a parte mais esperada: degustar e comer. Fomos levadas para uma das salas da antiga sede da fazenda que passaria a ser só nossa na próxima hora. Uma mesa enorme, móveis antigos, um clima muito aconchegante.

IMG_4313

Os Vinhos e a “nossa” sala

Na mesa já estava nosso prato de entrada: queijos, frios e bruschettas típicas da região. Também estava disponível o azeite que  é produzido na fazenda. A guia nos apresentou nosso primeiro vinho que acompanharia essa etapa: o vinho chianti Castello Monterinaldi. Depois ela se retira e nos deixa sozinhos, com a garrafa de vinho ao lado para bebermos mais, se assim quisermos. Tenho que confessar que amei a seleção da entrada e o vinho, leve e suave.

IMG_4295

Passado um tempo, ela retorna com nosso primi piatti: uma massa caseira feita pela cozinheira da fazenda ao molho de ragu. Para acompanhar, o segundo vinho: outro chianti clássico DOCG (uma marca que garante a qualidade) chamado de Monterinaldi. Hummm…estava muito bom também.

IMG_4300

Eu já estava super satisfeita e volta a sorridente atendente. Dessa vez degustamos o terceiro vinho sem comida: era o Pesanella.

E vamos ao secondi piatti: uma carne acompanhada de feijão branco. Para acompanhar o vinho mais célebre da fazendo: o Castello Monterinaldi de uma safra especial.

IMG_4301

Nessa hora a euforia tomava conta da gente, não sei se causada pelas várias taças que provamos ou pela sequência de comidas saborosas e, adivinhem? Volta nossa sorridente guia trazendo uma sobremesa! Ah, claro, acompanhada do vinho Vinsanto DOC  que é um vinho doce e com teor alcóolico um pouco maior, ideal para terminar essa orgia gastrônomica e enóloga.

IMG_4303

Ao fim, ela nos deixa a vontade para terminarmos ao nosso tempo a refeição e nos encontrarmos na lojinha. Claro que garanti nossas comprinhas.

Eu realmente indico essa degustação. Bebemos muitos vinhos bons e comemos muito bem, em um ambiente super legal e em uma fazenda linda.

Perfeito para começar a fechar com chave de ouro a viagem dos sonhos na Toscana.

5 comentários sobre “Castelo Monterinaldi – degustando vinhos do Chianti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s