Um bate e volta a Pompéia e Nápoles

Um dos maiores desejos do meu namorado era conhecer Pompéia. Com o número de dias que tínhamos, não podíamos dedicar mais de um pela região e a solução que achamos foi fazer um bate e volta desde Roma – indicação do Ricardo Freire aqui.

Se tiver mais tempo, se hospede em Nápoles ou Sorrento e explore a região: Nápoles, Costa Amalfitana, Capri, Pompéia e Herculano. Eu já estive em Nápoles outras duas vezes. A cidade é uma bagunça, mas eu gostei. Dali é super fácil conhecer tudo.

IMG_3561

O bate e volta de um dia é cansativo, mas super dá para fazer. Vamos então por parte:

Comprei, com antecedência de 3 meses para garantir um ótimo preço, o trem Intercity desde Roma até Nápoles (compre para Napoli Centrale). A compra foi feita pela internet (no site da Trenitalia). Depois de processada a compra, recebi por e-mail os vouchers da minha viagem. É muito importante imprimir o voucher completo e levar pois o fiscal vai te pedir. Com esse papel na mão basta você se dirigir ao trem, não precisa validar em lugar algum. Nós compramos o trem que saia as 06:39 e chegava as 08:43. Se eu fosse fazer de novo, iria em um trem um pouco mais tarde porque tivemos tempo tranquilo.

Chegando em Nápoles, siga as placas de dentro da estação e vá até a ferrovia regional Circumvesuviana. Ali é possível comprar os trens que vão até Pompéia. Eles saem a cada 30 minutos mais ou menos. O bilhete precisa ser o biglietto giornaliero U3 (mas se falar Pompei a atendente te dará o certo).  Guarde esse bilhete para usar na volta (ele serve para metro e ônibus durante todo o dia). Pegue o trem direção Sorrento e salte em Pompei Scavi. Dali é só andar um pouquinho e pronto: a bilheteria está logo ali.

Compramos nosso bilhete e resolvemos alugar um áudio guia para nos ajudar. Foi uma boa experiência.

IMG_3562

Pompéia era uma cidade próspera e bem desenvolvida, sendo a mais importante da região de Nápoles. Por sua localização, a beira do golfo, desempenhava um importante papel no comércio. Logo ali, visível a todos, ficava o Vesúvio. Ao longo dos anos, o vulcão foi dando sinal de vida algumas vezes, como, por exemplo, em 63 d.C. quando provocou um terremoto e algumas destruições. Pompéia era próspera e rica e logo se reconstruiu. Mas foi em 24 de agosto de 79 d.C. que uma enorme explosão, precedida por tremores e fumaças, assolou a cidade. Pessoas tentavam correr ou se esconder como podiam, mas não houve jeito: a fumaça e os gases atingiram a todos. Pompéia foi assolada e completamente destruída.

O único sobrevivente deste terror foi Plínio. E é dele as palavras que escutamos no nosso áudio guia quando começamos nosso passeio. É de arrepiar!

IMG_3592

O Vesúvio está sempre ali a vista

Durante o passeio passamos por resquícios da Basílica de Pompéia. E aqui uma curiosidade que talvez alguns não saibam: basílica antigamente era o local de política, onde se encontravam políticos e juízes da época (não tinha nada a ver com religião).

IMG_3570 IMG_3568

Conhecemos o Templo de Apolo que era todo cercado por colunas. Uma escada ao centro levava ao busto de Apolo. Ao redor ficavam estátuas.

IMG_3576 IMG_3585

Passamos pelo centro da cidade, onde havia uma padaria, uma lavanderia, uma tinturaria e outras casas ao redor de uma praça central.

IMG_3602 IMG_3604 IMG_3612

Andando visitamos dois pequenos anfiteatros que a cidade tinha: um para 1.500 pessoas e outro para 5.000 onde eram apresentados comédias e peças de teatro.

IMG_3665 IMG_3660

Conhecemos também a antiga casa dos prazeres: lugar onde viviam as prostitutas. Em cada quarto, havia uma cama e desenhos representando quais posições elas faziam.

IMG_3645 IMG_3646

Depois fomos andando pelas casas, entrando, vendo afrescos e resquícios de uma vida interrompida bruscamente pela força da natureza.

IMG_3591 IMG_3628 IMG_3702

E foi logo depois que chegamos na parte que mais me marcou. No momento em que as pessoas foram atingidas pela cinza vulcânica, muitas estavam correndo ou mesmo dormindo. E essa cinza manteve os corpos na forma em que estavam. E assim, é possível vermos esses habitantes de Pompéia no momento em que foram atingidos.

IMG_3695 IMG_3699

E para finalizar conhecemos o grande anfiteatro da cidade. Palco de diversas lutas de gladiadores, ele existia desde 70 a.C.

IMG_3691 IMG_3687

E assim terminamos essa visita. O lugar está muito bem preservado e conseguimos realmente sentir como funcionava a cidade. Antes de ir, se puder, assista ao filme Pompéia, recém lançado. Eu gostei!

Voltamos até Nápoles e demos uma volta nessa cidade antes de retornar a Roma.

Nápoles foi fundada pelos gregos entre os séculos IX e VII a.C. Depois passou ao domínio romano. Durante um tempo, entre os séculos XIII e XIX, foi a capital de um reino com seu nome. Já durante a Segunda Guerra Mundial, essa foi umas das cidades mais duramente atingidas e destruídas. Hoje em dia, Nápoles possui um porto importante e movimentado e é uma grande cidade.

Muitas pessoas não gostam de Nápoles e acham a cidade insegura. Eu não tive essa impressão, mas, com certeza, ali é bem diferente das cidades do norte da Itália. A começar pelos habitantes que são bem mais expansivos, falam muito alto, adoram brasileiros (ou melhor, brasileiras!). Pelas ruas, há lixos em algumas ruelas e muito camelos e ambulantes.

Pegamos o metrô na mesma estação em que chegamos de Pompéia e seguimos para o centro. Andamos por ali, seguindo a rua principal. Acabamos não tirando muitas fotos e, por isso, só tenho a da Catedral.

IMG_3707

Para terminarmos bem o dia, claro que tinha que ser comendo uma boa pizza napolitana. A pizzaria mais famosa e onde nasceu essa pizza é a Da Michele. Infelizmente, a fila era tão grande, que comemos em um restaurante bem em frente. A pizza estava divina!

IMG_3711

Fomos andando até a estação e voltamos a Roma no trem de 20:27.

O dia foi bem cansativo, mas valeu muito a pena!

9 comentários sobre “Um bate e volta a Pompéia e Nápoles

  1. Paula disse:

    Ola. Adorei seu post. Tenho apenas 4 dias em Roma. Um ja reservei pra bate volta a Assisi. Outro gostaria de reservar a Pompeia. Pelo jeito é compensador ne? Como compro o trem? Estou indo no carnaval de 2016. O frio atrapalha esse passeio?

  2. Renata disse:

    Thaíssa, boa noite!
    Como vai?
    Você saberia me dizer quanto tempo durou a visita em Pompeia?
    E depois como foi o passeio por Nápoles (o que conseguiu visitar, por exemplo?)
    Obrigada!

    • thaissachaga disse:

      Renata, tudo bem? Nossa visita em Pompéia durou umas 6 horas pois andamos muito e quisemos conhecer, com detalhe, os locais. Em Napóles, tivemos umas 2,5 horas. Como queríamos comer a famosa pizza, nos restou por volta de 1,5 hr de caminhada. Fomos no centro histórico e andamos pelas ruas até a Catedral. Boa viagem! Beijos

    • thaissachaga disse:

      Olá!! Nós não compramos antes não porque é muito simples chegar na hora em Pompeia e comprar a passagem. Como não sabíamos a hora da volta, preferimos fazer assim. Foi tudo bem tranquilo. Boa viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s