Um Roteiro Perfeitinho de 20 dias entre Austrália e Nova Zelândia

Então vamos a parte mais difícil dessa viagem! Escolher como aproveitar da melhor forma possível 20 dias entre Austrália e Nova Zelândia.

O roteiro que vou colocar ao final está super aprovado, porque foi exatamente o que eu fiz. Colocarei algumas dicas de coisas que eu faria e acho que deixariam o roteiro melhor ainda!

IMG_4936

Queenstown, a princesinha da Nova Zelândia

IMG_4252

Quer conhecer o verdadeiro Outback ?

Principais atrações dos dois países:

Então para começar vamos falar da Austrália! O que temos de especial para conhecer nesse país?

A Austrália é o sexto maior país em extensão territorial do mundo (logo depois do Brasil), mas em compensação sua população é de apenas 23 MM (em 2013) contra nossos 200 MM. Isso acontece porque grande parte do interior do país é desértica. Além disso, esse é um país-ilha, não fazendo fronteira com nenhum país e apenas com o oceano.

Dada as extensões territoriais, a melhor forma de viajar pelo país quando se tem um tempo restrito é de avião. Existem algumas companhias aéreas low-cost no país e, comprando com antecedência, se consegue um bom preço nos trechos.

Sydney é sua cidade mais famosa, apesar de não ser a capital – e sim, Camberra. As outras grandes cidades do lado leste são Melbourne e Brisbane. Ao norte do país temos uma das maiores atrações naturais australianas: a Grande Barreira dos Corais. A principal cidade usada para conhecer essa maravilha é Cairns. Mas existem algumas outras opções, como Airlie Beach, a que escolhemos. A Golden Cost também exerce seu fascínio com praias, surfistas e muito calor. No extremo sul, a grande atração é a ilha da Tasmânia, que pertence ao país. Ali, natureza intocável e praias belíssimas esperam o turista.No interior do país fica o deserto e sua grande e maior atração: Uluru. Se ainda tiver um tempinho, resta a costa oeste do país, com Perth como a principal cidade.

IMG_3427

Sydney, sua linda!

IMG_4448

Arte urbana em Melbourne

Nós, obviamente, não conhecemos tudo isso. E precisamos selecionar o principal. Resolvemos juntar um leque de diferentes atrações que nos desse uma boa amostra desse país. Sydney claro entrou no roteiro, ainda mais porque iríamos encontrar o irmão do João. Para conhecer a Grande Barreira dos Corais escolhemos Airlie Beach. Essa escolha foi porque: em Cairns, as grandes atrações envolvem embarcar em um barco e passar alguns dias no mar, fazendo mergulho de cilindro o que não nos atraía; em Airlie Beach fica uma das praias mais maravilhosas que há na Austrália e é possível mergulhar de snorkel e observar alguns pedaços fantásticos dos corais. O Outback também entrou na lista e resolvemos conhecê-lo fazendo um tour de camping durante 3 dias e 2 noites, o que em termos financeiros foi a única forma viável de visitar essa parte do país. Para fechar, passamos um dia e meio em Melbourne.

DCIM100GOPRO

Os peixinhos na Barreira dos Corais

IMG_3877

Airlie Beach, uma boa escolha

Agora vamos para a Nova Zelândia…

Um país ilha também, dividido nas duas principais ilhas: Ilha Norte e Ilha Sul. Pequeno em extensão, mas gigantesco em atrações. O país fica sob placas tectônicas, tendo por isso terremotos, grandes formações montanhosas e vulcões. A neve também está presente, principalmente no inverno. Mas mesmo na primavera, os picos das montanhas ficam branquinhos.

Aqui a melhor forma de conhecer esse país é alugando um carro ou campervan/motorhome já que a grande atração do país está no caminho, nas paradas estratégicas no meio do nada.

IMG_4684

Que tal se surpreender com esse lago no meio da estrada?

A Ilha Sul é o paraíso das belezas naturais. As principais cidades são Christchurch e Queenstown. Esta última, belíssima, é a terra dos esportes radicais. Na costa oeste, temos também a presença de glaciares (Franz Josef e Fox Glacier) e praias. Lagos estão presente ao longo de toda ilha, como os de Wanaka e Tekapo. Na costa oriental, temos Kaikoura melhor ponto de observação de baleias. No extremo sul, fica o parque natural de Milford Sound, um fiorde espetacular. No extremo norte, fica o Abel Tasman Park, com trilhas e praias.

IMG_4785

As famosas geleiras

A Ilha Norte é onde está a maior cidade neo zelandesa, Auckland e também a capital do país, Wellington. Waitomo é um lugar único, com cavernas e glowworm, bichinhos que emitem uma luz única. Rotorua é a cidade geotérmica, com cheiro constante de enxofre e atrações ligadas a esse fenômeno. Taupo tem um lago lindíssimo e o Tongariro National Park, com uma das trilhas mais famosas do país. Para fechar, é nessa ilha que está a Bay of Islands, no extremo norte, com praias lindíssimas!

IMG_5596

Vendo um geyser em ação

E o que nós conhecemos? Bom tínhamos no total 9 dias no país. Dividimos entre 5 dias na Ilha sul e 4 na Ilha Norte. Chegamos em Christchurch, alugamos um carro e fomos em direção ao oeste, seguindo até Queenstown onde ficamos três noites. Voltamos pelo centro, passando por lagos incríveis e chegando até Christchurch. Voamos até Auckland, alugamos nosso carro e fomos até Waitomo, seguindo para Rotorua. Ali dormimos duas noites e voltamos para uma última noite em Auckland.

IMG_5960

Auckland vista do alto

O Roteiro 

Finalmente, lá vem ele! Considere que a passagem de ida chega como a nossa, em Sydney as 18 hrs (ai o querido fuso de + 13 horas em relação ao Brasil!) e sai de Auckland as 16 hrs (aqui era um fuso de 15 horas a mais).

12/out – domingo – Chegada em Sydney as 18 hrs, ida para hotel e sair para jantar em King Cross

13/out – segunda – Passeios em Sydney

14/out – terça – Passeios em Sydney

15/out – quarta – Passeios em Sydney (aqui o ideal é fazer um bate e volta ao Blue Mountains, mas pegamos chuva e desistimos)

16/out – quinta – Vôo até Airlie Beach + Passeio pela cidade

17/out – sexta – Passeio Barco até WhiteHaven Beach + Barreira dos Corais

18/out – sábado – Vôo até Sydney – conhecer Bondi Beach

19/out – domingo – Vôo até Ayer Rock e início tour pelo deserto

20/out – segunda – Tour pelo deserto

21/out – terça – Tour pelo deserto + chegada a Alice Springs

22/out – quarta – Vôo até Melbourne

23/out – quinta – Melbourne + Vôo pela noite para Christchurch

24/out – sexta – Aluguel de carro em Christchurch, passar por Arthur Pass, Hokitika, Franz Josed e Fox Glacier

25/out – sábado – Lake Matheson, Haast, Wanaka e Queenstown

26/out – domingo – Passeios em Queenstown

27/out – segunda – Bate e volta até Milford Sound

28/out – terça – Saída de Queenstown, passar por Twizel, Tekapo e chegada em Christchurch

29/out – quarta – Vôo até Auckland, alugar carro e seguir até Waitomo e Rotorua

30/out – quinta – Passeios em Rotorua

31/out – sexta – Saída de Rotorua e ida para Auckland

01/out – sábado – Auckland e Vôo de volta para Brasil.

IMG_5770

Rotorua e seu lago esverdeado

24 comentários sobre “Um Roteiro Perfeitinho de 20 dias entre Austrália e Nova Zelândia

  1. Tais Caroline Feichas disse:

    Adorei o programa.
    Estou pensando em ficar 30 dias por lá.
    Quanto você gastou em média (reais) nessa viagem?
    Essa é minha maior dúvida.
    Obrigada

    • thaissachaga disse:

      Oi Tais. Vou ser em sincera e dizer que acabei não escrevendo tudo que gastei nessa viagem. Mas, com certeza, foram os dois países mais caros que visitamos, principalmente a Austrália. Hotel ficava na média de uns $ 120 dólares a noite para casal, de comida gastávamos em torno de $50 a refeição e passeios são carinhos, mas tem muita coisa de graça para fazer.
      Eu já deixei todos os passeios q ia fazer programados e com dinheiro separado e a comida só podíamos gastar a cota que reservamos.

      Beijos a aproveite!

  2. Anna Caroline disse:

    Boa tarde Thaíssa! Muito legal seu roteiro! Só queria tirar uma dúvida. Qual melhor época para visitar a região e aproveitar ao máximo os passeios?
    Desde já, obrigada!
    Atenciosamente,

    Anna Caroline

    • thaissachaga disse:

      Olá Anna Caroline! Então em fui final de out e início de nov e foi ótimo!! O verão seria muito quente para o deserto por exemplo e o inverno seria muito frio na Nova Zelândia. Logo, recomendo ir entre março e maio ou set e novembro. Beijos

  3. Silvia Pavan disse:

    Olá
    Estou programando uma viagem para a Austrália em meados de setembro e estamos com umas dúvidas, sobre a cidade de chegada para visitar Uluru, vc poderia me ajudar? Qual seria o melhor lugar para ficar, base Alice Springs?Ayers Rock?
    Desde já obrigada!
    Silvia

    • thaissachaga disse:

      Oi Silvia!!! Na verdade, Alice Springs tem muito mais hoteis do que em Ayers Rock. Porém ela é bem mais distante das principais atrações. Se escolher Ayers Rock, vc ficará no único complexo de hotel que existe por ali. Como eu fiz um tour de 3 dias, cheguei em Ayes Rock e terminei em Alice Springs. Boa viagem!!

  4. Isabel Delfina disse:

    Bom dia
    Por gentileza você poderia me informar se nos hotéis existem agências de turismo que oferecem passeios para os principais pontos turísticos na Austrália. Pretendo ficar 20 dias em outubro. Vou sozinha e gostaria de ter conforto e segurança visto que não sei falar fluentemente inglês, bem como não sei dirigir.
    Qual a melhor região/bairro para hospedagem em Sydney, Brisbane, Melbourne e Adelaide, considerando que gostaria de fazer passeios a pé. Muito obrigada
    Isabel Delfina

    • thaissachaga disse:

      Isabel, tudo bem? Eu acabei ficando em um apartamento alugado em Sydnei. Mas tenho certeza que não faltam agências de viagem tanto nos hotéis quanto no Brasil, se você já quiser deixar organizado desde aqui. Sydnei e Melbourne, os que conheci, não é necessário carro. Mesmo no deserto, que é preciso se deslocar de carro, faça isso com agência (eu fiz). Não dirigi na Austrália. Se souber um básico de inglês tb se virará mt bem. Vá e curta mt esse país! Beijos

    • thaissachaga disse:

      Oi Cristina, tudo bem? Eu até já tinha reservado pelo Booking, daqueles que podem cancelar sem pagar nada. Acho que essa é uma boa solução pois vc tem um endereço para informar lá, e pode cancelar depois o hotel se precisar.

  5. ISABELLA disse:

    Oi, estou precisando de uma ajuda sua… Fiz um Roreiro de 22 dias para NZ+ Aus… A questão é , postei no trip e o pessoal está falando que está muito apertado, como ele é relativamente parecido com seu…. queria uma opinião…. fiquei meio preocupada, lembrando que só uma pessoa vai dirigir…

    27/02 – Arrive in Auckland at 5 a.m (Overnight stay: Auckland)

    28/02 – Auckland (Wineries) (Overnight stay:Auckland)

    01/03 – Car to Waitomo (rafting?) and then Rotorua Maori dinner (Overnight stay:: Rotorua)

    02/03 – Rotorua (Wai-o-tapu) and do something in the afternoon and then flight at 19:10 to Wellington (Overnight stay:: Wellington)

    03/03 – Wellington (Overnight stay:: Wellington)

    04/03 – Ferry to Picton in the morning and go Punakaiki (Overnight stay:Punakaiki)

    05/03 – Explore and drive to Franz Josef (Overnight stay: Franz Josef)

    06/03 – Franz Joseph (Overnight stay: Franz Josef)

    07/03 – Morning, take Car to Wanaka (Overnight stay: Wanaka)

    08/03 – Car to Queenstown and wine tour at 12:30 (Overnight stay:Queesntown)

    09/03 – Tour Milford Sound from Queenstown (Overnight stay:Queesntown)

    10/03 – Tour Dart river and explore the city , flight at 20:00 to Melbourne

    11/03 – Melbourne (Overnight stay:Melbourne)

    12/03 – Car to Great Ocean Road (Overnight stay:: GOR)

    13/03 – Car back to Melbourne (Overnight stay:: Melbourne)

    14/03 – Melbourne – Yarra Valley (Overnight stay:Melbourne)

    15/03 – Flight in the morning to Ayers Rock (Overnight stay:: Ayers Rock)

    16/03 – Ayers Rock (Overnight stay:Ayers Rock)

    17/03 – Flight in the afternoon from Ayers Rock to Sydney (Overnight stay: Sydney)

    18/03 – Sydney (Overnight stay: Sydney)

    19/03 – Sydney (Overnight stay: Sydney)

    20/03- Sydney (Blue Mountains) (Overnight stay: Sydney)

    21/03- Sydney (Overnight stay: Sydney)

    22/03 – Back to home

    Obrigada!

    Isabella

    • thaissachaga disse:

      Isabella, tudo bem? Não vou mentir para você que seu roteiro, assim como o meu, é corrido. Mas nada que não te permita conhecer tudo. Eu realmente fiz um roteiro bem parecido com o seu e gostei demais de tudo que visitei. Em Auckland também só fiquei um dia cheio e ali sim achei que foi pouco. Se fosse para você tirar algo, eu tiraria a parte de Wellington. De Rotorua, voaria para Christchurch e começaria as andanças pela ilha do sul. Tenha em mente que os aviões são bons para economizar tempo, mas demandam muito mais tempo do que apenas a duração do vôo. Aproveite pois esses lugares são maravilhosos! E sim, não se esqueça do efeito de jat lag que é bem pesado (15 horas de diferença na NZ em relação ao Brasil!).

  6. Natalia disse:

    Oi Thaissa, tudo bem? Estou morando em Melbourne há 3 semanas e meu namorado vem ficar 20 dias comigo. Vi seu roteiro e achei bem completo, mas você sabe em media quanto fica? Como acabei de chegar, não poderia gastar muito na viagem, mas queria ir com ele em todos os lugares possíveis..

    • thaissachaga disse:

      Oi Natalia!!! Que delícia morar em Melbourne… pois então viajar por aí realmente não é muito barato. Eu não tenho exatamente quanto gastei, mas posso dizer que a parte mais cara foi o deserto australiano pois os vôos eram muito caros. Eu diria que gastamos de hotel, numa média 80-100 dólares por dia o casal. Quando havia passeios (barreira dos corais ou em Queenstown na NZ), eles custavam mais de 100 dólares por pessoa. Alimentação em restaurante tb é cara, mas priorizamos comprar no supermercado ou nos postos de gasolina quando estávamos com carro alugado. As passagens internas tinham um preço bom (exceto para o deserto). É isso…aproveitem!!!

  7. LUIZ FRANCISCO disse:

    Isabela, muito bom o roteiro. Viajarei por 20 dias com esposa e 2 filhas (17/11). Gostaria de saber se o seu roteiro vale para JULHO ou exige adaptação, por exemplo Ayers Rock e deserto, mesmo com frio vale a pena? Acredito que o frio comprometa mais na NZ.
    Se puder dar estas dicas agradeço.

    • thaissachaga disse:

      Luiz Francisco, tudo bem? Julho com certeza estará mais frio em Sydnei, Melbourne e em toda a ilha sul da NZ. O deserto terá uma amplitude térmica gigante, ficando muito frio pela noite. Mas durante o dia é possível aproveitar. Não acho que isso comprometa a viagem. O guia nos disse que realmnte a única época em que o deserto se torna inviável é no verão quando as temperaturas superam os 50 graus… Na NZ há algumas atrações voltadas para neve e esquis nessa época. Dependendo do interesse, pode ser uma opção. Com certeza será frio, mas isso não impede os passeios! Aproveite muito sua viagem! 🙂

  8. Erika Keiko Fujimoto disse:

    Oi Thaissa, tudo bem? =)
    Adorei seu roteiro, estou indo pra Australia e NZ em Setembro e tb vou ficar uns 20 dias! Estou começando a pesquisar sobre a NZ, e gostaria de tirar umas duvidas… vc sugere eu começar a viagem pelo Norte ou pelo Sul? Ou não faz diferença? rs
    Separei 6 dias para ver algumas coisas como: Queenstown, Milford Sound, Auckaland, vinhedos em Waiheke Island e Rotorua.. vc acha que tem algum lugar que é um Must Have que preciso colocar no meu roteiro? rs Mega Obrigada, bjs

    • thaissachaga disse:

      Oi Erika! NZ é um sonho de país. Quanto a que ilha começar, a minha escolha foi totalmente por conta dos vôos. Comprei meu vôo de volta ao Brasil saindo de Auckland (maior cidade do país) e por isso, deixei a ilha Norte por último. Se vc não tem essa restrição, realmente é indiferente por qual começar, tirando que eu achei a Ilha Sul mais incrível. Então deixaria ela no final só para terminar com chave de ouro. Para mim, os lugares mais especiais foram: Queenstown, Milford Sound, as Geleiras da ilha sul e Rotorua. Esses são os must have, na minha opinião. Como seis dias não é tanto assim, analisa fazer trechos de vôos para ganhar tempo, mas aproveite algumas estradas porque as belezas do país estão nestes cantinhos. Aproveite muito e pode perguntar se quiser mais algum ponto!! Bjs,

  9. Fernanda disse:

    Olá Thaissa, tudo bem?
    Farei essa viagem para AU e NZ agora em out-nov. Mas estou com dúvidas em relação às malas. É possível levar uma mala de 32 kg e viajar entre as cidades da AU e depois para NZ?
    Muito obrigada pela ajuda!
    Fernanda

    • thaissachaga disse:

      Oi Fernanda. Na verdade, nas cias de low cost que voamos foi preciso comprar a bagagem. Mas levamos malas de até 20 kg. Dá uma olhada direitinho nas regras da cia que você comprou e, se precisar comprar bagagem, compre antes que sai mais barato. Boa viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s