Queenstown até Cristchurch, passando por Tekapo

Foram três lindos dias, muito bem aproveitados em Queenstown. A cidade realmente é tudo o que falam (e um pouquinho mais). Mas era hora de partir…

IMG_5333

Até breve Queenstown

 

Nesse dia precisávamos chegar em Cristchurch onde pegaríamos um vôo no dia seguinte. Decidimos ir pelo centro da ilha, passando pelo Lindiss Pass e por Tekapo. Nosso caminho foi o seguinte:

Captura de Tela 2015-03-05 às 22.32.13

Para começar, a poucos minutos de Queenstown, já demos uma parada no Lake Hayes.

IMG_5336

No meio do caminho tinha um rio… e que rio! Merece uma respirada e parada ali né?

IMG_5344

O caminho seguiu, tranquilo como só as estradas da Nova Zelândia podem ser. Passamos na altura de Cromwell e contornamos o Lake Dunstan. Dava para ver as montanhas refletindo nas águas do lago.

IMG_5355

A fome apertou e, como nos outros dias de road trip, paramos em um posto de gasolina para garantir nosso almoço clássico por ali: a famosa pie. E escolhemos um mirante no meio da estrada para ser nossa parada do almoço. Enquanto comíamos, admiramos o caminho que íriamos seguir.

IMG_5379 IMG_5380

Hora de seguir. Demos uma volta pelas ruas de Twizel, cidade em que se avista muito bem o Mount Cook, ponto mais alto de toda Nova Zelândia!

IMG_5390 IMG_5401

A próxima parada não podia ser tão surpreendente: Lake Pukaki. Que azul! Que vista! O lago é cercado por montanhas nevadas e, entre elas, o Mount Cook. O lago tem um azul intenso devido as águas glaciares que o alimenta, escorrendo das montanhas ao redor. No ponto em que paramos, há uma loja vendendo vários tipos de salmão, o peixe que se reproduz nas águas geladas dali.

IMG_5416 IMG_5419 IMG_5430 IMG_5435

Seguimos até Tekapo, uma cidade à beira do Lago de mesmo nome, super gracinha. Esse foi o único dia da viagem que pegamos chuva e um tempo feio. E foi justamente nessa cidade que apertou a chuva. O lago é muito bonito e, ali na beira, reina sozinha uma igrejinha muito simpática. Fiquei meio irritada nessa hora, porque justo quando eu estava admirando aquela cena e respirando o ar calmo da região, chega uma ônibus gigante cheio de japoneses e suas câmera! #momentopanicoeterror!

IMG_5438

Os amiguinhos de Tekapo

IMG_5444

IMG_5454

A vista da Igreja

IMG_5463 IMG_5474

Enfim, hora de seguir. Agora o caminho era direto até Cristchurch, mas dá para não parar nas estradas neozelandesas? Olha só que campo lindo achamos no meio do caminho!

IMG_5487

E lá no fim do dia, eis que chegamos em Christchurch! Ainda com a luz do dia, deixamos as malas no hotel e fomos andar um pouco. Nosso hotel ficava perto do Botanic Garden e foi por ali que começamos a caminhar em direção ao centro da cidade. Muito tranquilo e gostoso o clima por ali.

IMG_5511 IMG_5517

Chegamos no centro e fomos andando em direção à igreja. Christchurch teve um passado recente bem triste. Em 2011, um terremoto forte atingiu a cidade e causou muita destruição. Quase 200 pessoas morreram e muitas construções simplesmente desmoronaram. E os resquícios desse momento continuam vivos por ali. Andar pelo centro significa passar por muitas obras e por uma cidade ainda um pouco fantasma.

IMG_5528

A igreja era o grande símbolo da cidade e ficou destruída em um dos seus lados. Eles construíram uma igreja de papelão enquanto a original está sendo reconstruída. Outra grande ideia que a cidade mostra são as lojas construídas dentro de containers. Uma ideia simples, original e que dá um ar muito charmoso ao centro da cidade.

IMG_5531 IMG_5536 IMG_5540

Foi uma visita rápida, mas marcante. Voltamos andando e pensando na força que a natureza tem e como tudo pode mudar tão rápido. Melhor ainda é ver a força da cidade em reconstruir e recomeçar!

Para terminar esse dia jantamos no restaurante perto do nosso hotel: Strawberry Fare. Ele é muito famoso por suas sobremesas. Realmente, maravilhoso!

IMG_5548 IMG_5549 IMG_5550 IMG_5551

No dia seguinte pela manhã seguimos até ao aeroporto onde devolvemos o carro e seguimos para Auckland, onde passamos mais três dias marcantes na Ilha Norte. Mas isso é assunto para outro post!

Onde dormimos em Christchurch:

Hotel Carlton Mill: ótimo hotel, quarto grande, com cozinha e varanda. Sem café da manhã.

IMG_5459

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s