Sos del Rey Catolico, um vilarejo medieval no meio da Espanha

Sos del Rey Catolico foi uma daquelas surpresas que descobrimos através do guia de viagem. Fazendo fronteira entre as comunidades de Navarra e Aragão, mas pertencendo a esta última.

5

De onde viemos? Zaragoza

Distância Percorrida: 122 km

O vilarejo já passou por muitas histórias de disputas e exercia um importante papel de defesa. Sua posição mais ao alto ajudava a combater os islâmicos ou os reinados vizinhos.

A cidade se chamava apenas Sos. Ganhou o complemento no nome anos depois em homenagem ao seu ilustre filho, o Rei Fernando II, o Católico.

Dentro do centro histórico da cidade é impossível entrar de carro e passamos um sufoco ao entrar numa minúscula rua ainda fora do centro e precisar sair de ré. Ao final, carro estacionado e fomos conhecer a cidade.

Para começar já gostei do clima da cidade, com várias ruelas, construções em pedra marrom, parecendo realmente saída da Idade Média. Ainda era hora da famosa siesta e não vimos uma viva alma, o que contribuiu para o sentimento de uma cidade parada no tempo.

IMG_2724IMG_2738

Conhecemos o Palacio de Sada onde nasceu o rei Fernando. Em cima da porta é possível ver o brasão da família. Aqui é onde fica o centro de informação turística e ainda é possível conhecer o palácio por dentro. Mas lembre-se que a siesta é levada a sério na Espanha. Então não conseguimos ver nadica aberto! Na mesma construção fica a Iglesia de San Martín.

1

O Ayuntamiento foi construído no final do século XVI e serve como prefeitura do vilarejo.

10371735_899286046754633_1460505682735506244_n

A grande delícia da cidade foi andar nas suas ruelas, descobrindo cantinhos minúsculos e se perder um pouco por ali.

10371735_899286046754633_1460505682735506244_n

Para terminar, na extremidade da cidade fomos conhecer a Iglesia de San Esteban e o Castillo. A Igreja tem uma porta imponente (e que, claro, estava fechada) e guarda a pia batismal onde o rei foi batizado.

O Castillo marca o lugar onde a cidade começou. Para se proteger dos invasores, foi construído no século XII no ponto mais alto da cidade. Do Castelo ficaram ruínas e a única parte ainda restante são suas torres. Vale muito subir e admirar a vista que se tem da região verde ao redor.

Sos del Rey é minúscula, mas me deu uma vontade enorme de passar uma noite por ali. Achei uma cidade diferente de todas as outras que visitamos pela Espanha. Precisávamos seguir e, por isso, não foi dessa vez que conhecemos os habitantes dessa cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s