Dubrovnik: é tudo isso e muito mais (post resumo)

Ah Dubrovnik! A cidade que eu mais queria conhecer na Croácia, mas tinha aquele medinho porque a expectativa estava muito alta. E tudo que li era verdade: é quente, é cheia e é cara, mas é simplesmente linda…

thumb_img_0592_1024

Um pouco de História

Recentemente algumas escavações trouxeram dúvidas de quando realmente a cidade surgiu. Até então, se acreditava que tinha sido no século VII, quando os eslavos invadiram a cidade de Epidaurum (onde hoje fica Cavtat) e provocaram a fuga dos habitantes para uma ilha rochosa ligada ao continente por um pequeno canal, a qual passou a se chamar Ragusa. Para se proteger de novas invasões, uma muralha começou a ser construída.

Já na parte continental surgiu um outro povoado que levava o nome da árvore que cobria a região: Dubrovnik. Buscando se fortalecerem, os dois povoados resolvem se unir no século XII.

thumb_img_0566_1024

A muralha vista com as luzes noturnas

A partir daí, Dubrovnik floresce e ganha importância por conta do comércio marítimo. É invadida por um tempo por Veneza, se liberta e passa a rivalizar com os venezianos como potência marítima.

O declínio começa com o terremoto de 1667 que destrói a cidade-estado. Mais tarde, Napoleão invade a cidade e depois a mesma passa ao Império Austro-Húngaro. A história depois daqui, eu contei no post sobre os Balcãs aqui. Dubrovnik foi uma das cidades mais bombardeadas da Croácia durante a independência, recebendo mais de 2 mil bombas entre 1991 e 1992.

Onde se hospedar

A primeira opção é se hospedar dentro da cidade amuralhada. Porém os preços são salgadíssimos, não pode entrar carro e, na maioria dos casos, é preciso subir grandes escadarias para chegar ao hotel. Claro que tem todo o charme de estar ali dentro.

A segunda opção é se hospedar ao redor da cidade amuralhada. Foi essa forma que escolhemos. Como eu disse aqui, a grande maioria das hospedagens da Croácia são em quartos alugados nas casas dos moradores. Em Dubrovnik, essa é a grande geração de empregos para os moradores. Foi essa opção que escolhemos. Pesquisei um bom custo benefício e que tivesse garagem para estacionar o carros que alugamos para fazer um bate e volta a Montenegro. Ficamos na Villa Benic. A filha do casal que nos recebeu foi uma simpatia, nos explicou tudo da cidade e ainda ofereceu uma cerveja. Ficamos em um quarto espaçoso, com ar condicionado e vista (bem longe) da cidade amuralhada. O banheiro era do lado de fora, mas só nosso e bem limpo. Tínhamos as chaves da casa e quase nunca víamos ninguém. Pagamos 64 euros a diária do casal, sem café da manhã. Foi um preço ótimo pelo conforto, localização e por ser verão europeu em Dubrovnik. O único porém é que o hotel ficava na parte de cima da cidade. Para chegar na cidade amuralhada era preciso descer 200 degraus!!! O hotel ficava logo em frente a escada e a entrada principal do centro histórico ficava logo embaixo.

thumb_img_0210_1024

A vista do nosso hotel (com algum zoom)

A outra opção que muitas pessoas usam é se hospedar em Lapad. Esse bairro fica há uns 10 minutos de carro do centro histórico e tem muitos hotéis grandes. Fomos no último dia pegar o carro ali e sentimos a região bem movimentada. Mas para chegar no centro tem que ser com ônibus, carro (e pagar estacionamento ABSURDO), táxi ou uber (usamos e recomendamos).

Como chegar e se locomover

O aeroporto de Dubrovnik fica a uma meia hora do centro da cidade. Ele é micro e bem confuso. Chegamos e fomos direto comprar o tícket do ônibus Atlas. Tem um guichê e se comprar ida e volta sai mais barato. Depois é só seguir para o shuttle e embarcar. A vista da janela quando se está chegando já é fenomenal! Acabamos descendo na frente do portão do centro e pegamos um táxi para subir. O táxi foi caríssimo!!! A partir daí fiquei com raiva dos taxistas (que não usam taxímetro) e usei uber quando precisamos. Foi perfeito e bem mais barato.

Roteiro pela Cidade

A cidade é bem pequena e, em um dia, se conhece o principal. Mas eu recomendo mais dias nessa cidade maravilhosa. Aproveitar com calma as praias, o pôr do sol e o climinha do centro histórico pela noite faz parte da viagem por Dubrovnik.

De forma resumida, visitamos no primeiro dia o centro histórico e subimos as muralhas no horário do pôr do sol.

thumb_g0112914_1024

Caminhando pela muralha e vendo os telhados vermelhos da cidade

thumb_img_0234_1024

O charme do centro histórico

thumb_img_0251_1024

As charmosas casas no meio do centro

No segundo dia, fizemos um passeio de caiaque até a Ilha de Lokrum pela manhã, jantamos no restaurante em cima do teleférico e curtimos mais do centro pela noite.

thumb_g0193018_1024

thumb_img_0554_1024

Anoitecendo desde cima do teleférico

No último dia fomos até a cidade de Cavtat curtir as lindas praias da região e jantamos no centro.

thumb_img_0668_1024

Cavtat

Nos próximos posts vou detalhar esses lindos passeios, com todas as dicas que tenho.

Onde comer

Dubrovnik é uma cidade bem cara, principalmente no centro histórico. Mas o climinha do anoitecer por ali precisa ser aproveitado. Tentamos encontrar lugares mais acessíveis e super charmosos, em meio aos becos e ruelas.

Konoba Lanterna: numa ruela muito agradável, encontramos esse restaurante bem caseiro e com ótimo preço. Eu provei um prato típico, que na verdade é um bife, mas com um tempero maravilhoso, a base de alho. João ficou com seu amado risoto de frutos do mar. Tomamos o vinho da casa, bem gostoso.

thumb_img_0469_1024

Pizzeria Mirakul: fica ao lado do restaurante acima e tem pizzas finas e massas. É bem concorrido e eleito uma das melhores pizzas da cidade.

Restaurant Panorama: aqui vale mesmo é pela vista maravilhosa. Fica em cima do teleférico. Faça reserva com antecedência e vá na hora do pôr do sol. De entrada fomos de burrata. Depois comi lula a base de alho com champignon e João, o tradicional risoto de frutos do mar. O restaurante é caro, mas a vista é recompensadora.

thumb_dubr_1024thumb_dubr_1024-2

Este é o post resumo de Dubrovnik. Que venham os próximos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s