Oberammergau, Ettal, Garmisch-Partenkirchen e Fussen: primeiro dia pela Bavária, na Alemanha

A região da Bavaria é uma das mais lindas da Alemanha. Castelos, casinhas de conto de fada, verde, montanhas…

thumb_IMG_1590_1024

Lago Eibsee

Contei aqui como organizamos nossa viagem pela Rota Romântica na Alemanha. Contudo nosso primeiro dia de viagem não foi propriamente na rota, mas em algumas belas cidades que ficam no caminho entre Munique e Fussen, a cidade por onde começamos a rota.

A ideia deste post é detalhar e mostrar algumas fotografias desses lindos lugares que conhecemos no primeiro dia de viagem pela Bavaria.

Chegamos no aeroporto de Munique na véspera e seguimos por 1,5 hora até Oberammergau, onde dormimos. No primeiro dia completo na Alemanha, fizemos o seguinte percurso: Oberammergau – Ettal – Garmisch-Partenkirchen – Fussen

Captura de Tela 2017-03-13 às 19.59.34

Oberammergau

Essa cidade pequena e charmosa ganhou fama por algumas características peculiares.

thumb_IMG_1438_1024

Casinhas charmosas

Lüftlmalerei é o nome da pintura que emoldura muitas casas da cidade. Verdadeiras obras de arte, em sua maioria com temas religiosos, enfeitam as paredes das casas. Algumas delas tem um efeito 3D incrível. A mais famosa das casas se chama Pilatushaus e é do século XVIII.

thumb_IMG_1453_1024

Passionspiele é a festa da Paixão de Cristo que é encenada ao final de todo ano que termina em zero. Ou seja, a cada 10 anos! O começo de tudo veio quando nenhum morador da cidade morreu com a peste negra que assolou a região em meados de 1600. Como forma de agradecimento, a peça começou e se mantém até hoje. Incrível que há uma mobilização enorme e metade da população da cidade participa das encenações.

Para completar a fama da cidade, temos as esculturas de madeira. Uma tradição passada de geração para geração desde os anos 1500. Simplesmente incrível a perfeição dos trabalhos que vimos. Entramos em uma loja perto do nosso hotel e nos encantamos com o senhor que nos atendeu. Com seus 80 e muitos anos, ele era a quinta geração da família que trabalha com madeira. Vimos seu filho trabalhando, conversamos muito! Uma pessoa que nos marcou de verdade. O sentimento de quem mora na Bavária é de uma certa independência. Ele, por exemplo, nos disse que a Bavária nunca começou uma guerra e ainda criticou a necessidade crescente dos alemães de sempre terem o carro mais novo do ano.

thumb_IMG_1416_1024

A igreja da cidade também é muito linda por dentro, com afrescos muito bem conservados.

No mais, a natureza ao redor da cidade também chama atenção. Combinou perfeitamente com o clima frio que fazia (em pleno verão!)

thumb_IMG_1461_1024

Dormimos na Gaestehaus Richter. Uma delícia de quarto e de hotel. Familiar, com vista linda e café da manhã típico.

thumb_IMG_1406_1024

Vista do nosso quarto

Ettal

Essa micro cidade está a 5 km de Oberammergau e na verdade a fama toda se deve ao monastério Kloster Ettal que fica ali. Fundado pelo imperador Luis de Baviera em 1330, o lugar é imponente.

thumb_IMG_1466_1024thumb_IMG_1471_1024

Luis de Baviera trouxe de Roma uma imagem da Madona de mármore que atraiu desde então milhares de fiéis e ainda hoje fica na basílica do local. O interior da igreja é muito belo e o ponto alto da visita ao local.

thumb_IMG_1472_1024

Entrada da Basílica

Fora isto, vale visitar a loja do local, onde os monges, que ainda vivem no monastério, produzem e vendem licores, destilados e cervejas.

Para entrar no local, estacionamos em frente a entrada. Compramos o ingresso e entramos, sem fila alguma.

Garmisch-Partenkirchen

O ponto mais alto da Alemanha está nesta cidade: a montanha Zugspite com 2.964 de altura. O topo pode ser alcançada por um teleférico. As vistas prometem ser incríveis, se você der sorte com o tempo. Pegamos chuva e tudo nublado! Por isso, nem tentamos subir o teleférico (o valor é caro, em torno de 50 euros).

A cidade se formou a partir da junção de duas cidades distintas – Garmisch e Partenkirchen – para as Olimpíadas de 1936.

Não se pode perder de jeito nenhum uma visita ao Lago Eibsee. Incrível a cor desse lago mesmo em um dia super nublado. E as vistas ao redor…natureza incrível aos pés dos Alpes.

thumb_IMG_1513_1024thumb_IMG_1555_1024thumb_IMG_1596_1024

Fussen

Quanta vontade de chegar nessa cidade! Saímos embaixo de muita chuva do Lago Eibsee, entramos na Áustria e rumamos a Fussen.

A cidade tem dois castelos imponentes nas suas montanhas. O primeiro que foi construído se chama Hohenschwangau e não é o mais famoso por aqui. O rei Maximilan II da Baviera se apoderou deste castelo em 1837, o tornando sua residência de verão. Seu filho, Ludwig II, foi nomeado rei quando seu pai faleceu e passou a morar neste castelo com sua mãe. Dali teve a ideia de construir um outro castelo, muito mais imponente e belo. Ele não ligava muito para política e gastava todo o dinheiro da família investindo em arte e construções magníficas. Quando teve a ideia de construir o seu castelo, chamado de Neuschwanstein, queria que ele ficasse na localização mais bela e inacessível. Pois bem, o castelo começou a ser construído. Mas antes de ser finalizado, Ludwig II foi declarado insano e foi preso, morrendo misteriosamente tempos depois. Seu corpo foi encontrado no lago Stanberger (perto de Munique) e a causa da morte é um mistério até hoje!

Visitar Fussen, uma cidade linda em plenos alpes alemães, significa principalmente conhecer este lindo castelo de Neuschwanstein. O mesmo castelo que inspirou a Disney no seu castelo da Cinderela. Para a visita interna é muito importante comprar com antecedência. Li muito e achei que não valeria a entrada. Ainda bem que fizemos isto! Simplesmente pelo fato de que a chuva estava muito forte e nem a subida de ônibus que queríamos fazer para ver o castelo do alto estava acontecendo. Confesso que essa foi uma das maiores frustrações viajísticas que já tive na vida! Vi tantas fotos lindas do mirante que fica no alto!!! Pois bem, nos contentamos em ver o castelo debaixo mesmo, nos momentos em que o nevoeiro permitiu.

thumb_IMG_1633_1024

Foi assim que conseguimos ver o famoso castelo

thumb_IMG_1637_1024

Dormimos em uma cidade ao lado de Fussen, chamada Halblech, no Hotel Alpenblick Berghof. A cidade fica perto dos alpes e, além de preços mais atrativos que Fussen, tem vistas maravilhosas! 

thumb_IMG_1609_1024

Vista da nossa varanda

O destaque da noite foi o restaurante familiar em que jantamos. O hotel nos indicou e falou para corremos pois era o único ainda aberto naquele horário (isso porque eram 21 hrs!). Comida deliciosa, cervejas alemães e um preço ótimo.

Assim encerramos nosso primeiro dia completo em terras alemães.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s