Liechtenstein: conhecendo o sexto menor país do mundo

Encravado entre a Suiça e Áustria está um pequeno país, o sexto menor do mundo, chamado de Liechtenstein. São 160 km quadrado de área, o que o torna um pouquinho maior do que a ilha de Manhattan, em Nova Iorque.

thumb_IMG_1741_1024

Liechtenstein vista a partir de Triesenberg

Apesar de seu tamanho, sua economia está muito bem e a riqueza concentrada por ali é bem alta. O país é um paraíso fiscal, atraindo o dinheiro de muitos ao redor do mundo. Uma curiosidade que li antes de viajar é que uma das principais atividades do país é a exportação de dentadura.

Um pouquinho de História

A região onde hoje está este país foi ocupada pelos romanos e depois pelas tribos germânicas. Até que Johann Adam de Liechtenstein, um príncipe austríaco, compra uma extensa faixa de terra nessa região e cria o Principado de Liechtenstein em 1719, pertencente ao Sacro Império Romano Germânico. Passou um tempo sob domínio de Napoleão. A independência total aconteceu em 1866.

Desde 1868 o país não tem mais Exército. Conseguiu se manter neutro nas duas Grandes Guerras do continente europeu. Como uma monarquia parlamentarista, tem a família real vivendo no castelo do país ainda hoje.

thumb_IMG_1763_1024

Castelo de Vaduz

Como Chegar

Liechtenstein não tem aeroporto. Mas o país está perto de algumas cidades importantes. A partir da Suiça é possível chegar de trem a partir de Zurique, por exemplo, que está a 110 km. A partir da Áustria também é possível chegar, de trem ou ônibus.

Nós fomos de carro. Estávamos em Fussen, na Alemanha. Saímos cedo, paramos em Lindau, ainda na Alemanha, (post aqui), passamos pela Áustria, Suiça e Liechtenstein. Tirando a parada que fizemos, o percurso leva 2,5 hora. Só é preciso passar por fronteira entre Áustria e Suiça. Mas não vi ninguém sendo parado. Passamos direto, sem precisar carimbar passaportes ou falar com algum oficial.

Moeda

Apesar de a moeda oficial ser o franco suiço, usamos euro o tempo inteiro e não tivemos problema.

Que cidades visitar?

A capital e principal cidade do país é Vaduz. A quase totalidade dos turistas visitam Vaduz em um bate e volta e pronto.

thumb_IMG_1781_1024

Vaduz e sua rua principal

Nós decidimos dormir em Liechtenstein. Pesquisei muito onde dormir e a partir do post que li na Dri EveryWhere decidimos ficar em outra cidade, chamada Triesenberg. Com o tamanho diminuto do país, ir de uma a cidade a outra é bem rápido, mas é necessário carro. Escolhemos Triesenberg pois essa cidade fica no alto, com vistas incríveis.

thumb_IMG_1743_1024

Vista do nosso hotel

Onde dormimos e comemos?

Nosso hotel se chamava Hotel Restaurant Kulm. O quarto tinha uma varanda com uma vista maravilhosa e um restaurante muito bom.

thumb_IMG_1699_1024

Nossa varanda

Jantamos no restaurante provando o menu sugestão, com comidas típicas do país. Não deixe de provar o Kasknopfe, uma massa com queijo. Tomamos uma cerveja local e um vinho produzido na vínicola nacional cujos proprietários são a família real.

Triesenberg

Como uma pequena e residencial cidade, Triesenberg vale mesmo para dar aquela parada e relaxar com os alpes a frente.

Nós demos uma caminhada pelas ruas íngremes do local e visitamos a Igreja de Sao Jose (St Joseph) que ficava na frente do nosso hotel, com sua cúpula em forma de cebola.

thumb_IMG_1752_1024

Uma pintura de cidade

thumb_IMG_1748_1024

Igreja de São José por fora e por dentro abaixo

thumb_IMG_1704_1024

Vizinhança com chuva

thumb_IMG_1733_1024

Casinha charmosa

thumb_IMG_1727_1024

Triesenberg pela noite

Vaduz

A principal cidade do país tem suas principais atrações ao longo da rua de pedestres Stradle. Achei interessante a quantidade de engravatados em um país tão pequeno. Claro que ser um paraíso fiscal deve criar muitos empregos.

Pegamos um mapa turístico no centro de informação. O tamanho do mapa era tão grande para a quantidade de atrações que eu diria que é quase uma representação em tamanho real!kk Se quiser um carimbo do país, pode pagar e recebê-lo no centro de informações.

thumb_IMG_1774_1024

O centro de informação

thumb_IMG_1758_1024

Descemos a rua desde a Prefeitura (Rathaus) até a Catedral. Vimos a bandeira do país e algumas lojas de souvenir.

thumb_IMG_1760_1024

Prefeitura

thumb_IMG_1755_1024

Descobrindo a bandeira do país

O Kunstmuseum  é o Museu de Arte Moderna. Já o Postmuseum exibe uma coleção de selos. Liechtenstein foi o primeiro país a colar selos em envelopes. Para completar, há o Liechtensteinisches Landesmuseum, que conta a história do país.

thumb_IMG_1754_1024thumb_IMG_1753_1024thumb_IMG_1772_1024

Em todo o percurso, basta olhar para o alto que o Castelo de Vaduz sempre estará por ali. A família real ainda mora no local e, por isso, não é possível visitá-lo. Há um trilha para subir e ver mais de perto o castelo, além da vista da cidade.

thumb_IMG_1761_1024

O castelo no alto, visto de qualquer parte da rua

Em toda a rua, há esculturas e obras de arte adornando. Além de cadeiras confortáveis para um descanso.

Terminando a rua, fica um bonito prédio do Governo e, logo depois, a Catedral.

thumb_IMG_1782_1024

Prédio do Governo

thumb_IMG_1784_1024

Catedral ao fundo (em obras)

thumb_IMG_1788_1024

Príncipe e Princesa homenageados

Pelo tamanho do país, de fato um bate e volta é super viável. Mas dormir por ali, vendo o verdinho e o branco dos Alpes pode ser um ótimo negócio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s