Roteiro de 3 semanas pelo Sudeste Asiático: como montar e o que visitamos

O início do ano de 2017 foi muito agitado em termos de viagens. Maximizando o tempo de férias disponível, além da viagem para o Chile, rolou uma viagem há muito tempo sonhada por mim: o Sudeste Asiático.

thumb_IMG_0324_1024

Ah, como eu sonhava com essas praias!

Muito antes da Tailândia virar o maior hit do Instagram, eu já sonhava com aquele pedacinho do mundo. Cada ano, um motivo nos desviava desse objetivo. Até que nessas férias realizei meu sonho! E só posso dizer que foi muito, muito mesmo, melhor do que poderia imaginar…

Sudeste Asiático

O continente asiático é enorme e, por isso, é conhecido por suas sub áreas. Uma delas é o Sudeste Asiático que engloba 11 países. No mapa abaixo, que retirei do meu guia Lonely Planet, é possível observar quais são os países.

Captura de Tela 2017-04-05 às 18.41.26

Fonte: guia Lonely Planet

Tempo de Viagem

Realmente chegar do outro lado do mundo é muito cansativo. Além disso, a cabeça e o corpo dão um nó devido ao fuso horário. Por isso, o mínimo para uma viagem por aqueles lados deve ser de três semanas (20 dias). Nós emendamos duas semanas de férias com uma semana de Carnaval e ficamos 22 dias em viagem.

Como chegar

O grande empecilho para essa viagem já foi a passagem aérea desde o Brasil. Mas hoje em dia, as promoções estão pipocando quase que diariamente e viajar para lá se tornou bem mais viável. Claro que a passagem ainda é cara e raros são aqueles que tem a flexibilidade de aproveitar aquela super mega promoção de 1000 reais ida e volta. Mas procurando com antecedência e acompanhando constantemente, é possível emitir como fizemos, por R$ 2.900, viajando pela Emirates e fazendo stopover em Dubai.

A Emirates é uma empresa muito boa mesmo e foi ótimo poder ir com ela. Saímos de São Paulo e fomos direto a Dubai (vôo de 13:30 horas), onde fizemos uma conexão de 2 horas e partimos para Bangkok (vôo de 6 hrs). Na volta, saímos de Bangkok para Dubai e ficamos por lá três dias, retornando a São Paulo ao final (na volta a viagem dura 15 hrs).

Muitas empresas levam para o lado de lá e achei a estratégia de parar no “meio do caminho” muito boa. Principalmente na volta, já que chegamos e voltamos a trabalhar logo em seguida.

thumb_IMG_0319_1024

Uma parada de três dias em Dubai fechou com chave de ouro a viagem

O que conhecer em cada país?

Montar o roteiro dentro do Sudeste Asiático foi um dos maiores quebra-cabeças que já fiz. Minha vontade era conhecer tudo e eu só tinha três semanas…

Primeira lição: com tempo restrito, usar vôo entre as cidades é o que há. Há boas companhias low cost por ali e elas encurtam muito as distâncias.

Segunda lição: escolher um, dois ou três países no máximo para aproveitar bem com tempo restrito.

Como escolhemos o que queríamos visitar? Primeiro li sobre as principais cidades de cada país e qual o turismo que cada uma oferecia. Abaixo colocarei as principais cidades de cada país que eu desejaria conhecer e quanto dias acho importante em cada um.

Tailândia

Sem dúvidas é o país mais visitado turisticamente na região. O país é acolhedor, cheio de cultura, religiosidade e belezas naturais. As principais cidades visitadas são:

  • Bangkok: capital movimentada, agitada e calma ao mesmo tempo, com muitos belos templos budistas, restaurantes de todos os níveis e shoppings modernos.
  • Chiang Mai/Chiang Rai: região ao norte com templos belíssimos, interação com elefantes e mercados de rua.
  • Praias: aqui estão os maiores encantos naturais desse país. Pode-se escolher as praias do Mar Andaman (Phuket, Krabi, Ko Phi Phi, Koh Lanta, Koh Lipe) ou do Golfo (Koh Tao, Koh Samui, Koh Phangan).

Duração da Viagem: em Bangkok de 3 a 5 dias, na região norte uns 3 dias e para as praias, no mínimo, uns 5 dias.

thumb_IMG_0159_1024

Detalhes do Grand Palace em Bangkok

Vietnã

O Vietnã é outro queridinho dos turistas. Após um longo tempo de guerra, o país socialista abriu as portas para os turistas oferecendo um povo acolhedor e carinhoso, além de preços muito camaradas. As principais cidades para um roteiro básico (do Norte para o Sul):

  • Hanói: a capital do país, onde se vê aquelas cenas clássicas de motos em toda direção, multidões e muito caos. O centro histórico apresenta boas surpresas.
  • Baía de Halong Bay: a maior atração do país e uma das 7 Maravilhas Naturais do mundo. Costuma-se visitá-la em cruzeiros de 1, 2 ou 3 dias a partir de Hanói. Uma beleza única de paredões, ilhas, cavernas e água azul.
  • Hoi An: uma cidade que agrada a todos por ser muito bela e calma. Aqui é possível visitar o centro histórico, visitar campos de arroz ao redor ou encomendar um super vestido de festa.
  • Ho Chi Minh: a maior cidade do Vietnã. Por aqui, além dos passeios pela cidade, há alguns passeios ao redor, como nos tuneis onde os vietnamitas se refugiavam durante a Guerra ou uma visita o Delta do Rio Mekong.

Duração da Viagem: uma viagem no país pede, pelo menos, 10 dias divididos igualmente nas cidades acima listadas.

Laos

O Laos é um país ainda não tão famoso turisticamente como seu vizinhos. Um país socialista que também sofreu terrivelmente com guerra e bombardeio nas décadas anteriores.

  • Luang Prabang: a cidade mais famosa, Patrimônio da Humanidade. Arquitetura francesa pelas ruas, natureza incrível ao redor, contato com elefantes e um povo muito acolhedor.
  • Vientiane: capital do país. Tem templos e resquícios do passado recente pelo qual o país passou.

Duração da Viagem: a cidade mais famosa, Luang Prabang, pode ser muito bem curtida com 3 dias inteiro. Se for acrescentar a capital, mais 2 dias.

thumb_IMG_7200_1024

As belezas naturais ao redor de Luang Prabang

Camboja

Um país com um passado muito triste, no qual boa parte da população foi dizimada por um regime socialista radical. Mas tem muita história e natureza.

  • Siem Reap: disparada a cidade mais visitada por ficar muito perto do Angkor Wat. Esta já foi a maior cidade do mundo durante século XII e é formada por um conjunto de templos, sendo o templo que leva o nome da cidade (Angkor Wat) o maior monumento religioso do mundo.
  • Phnom Penh: capital agradável com templos budistas e museus que contam a história do regime que massacrou a população.
  • Praias do Camboja: apesar de não serem famosas como as tailandesas, as praias são muito bonitas. A praia mais famosa é Sihanoukville.

Duração da Viagem: Siem Reap é o obrigatório no país e, em 3 dias, se conhece muito bem. Para a capital é necessário mais 2 dias e para as praias uns 3 a 4 dias.

thumb_IMG_1334_1024

O nascer do sol em Siem Reap é incrível

Myanmar

Um dos novos queridinhos dos turistas brasileiros, esse país está se abrindo ao turismo agora.

  • Yangon: capital e principal porta de entrada. Templos budistas dourados, restaurante barco e o primeiro contato com um dos povos mais acolhedores da região asiática.
  • Bagan: cidade encantadora, com centenas de templos incríveis. O vôo de balão feito aqui é um dos must do.
  • Lago Inle: lago famoso do país por seus pescadores que navegam de uma forma única. Ao redor, casas em palafitas e a população encantadora.
  • Mandalay: segunda maior cidade do país, tem como atrações também seus templos belíssimos.

Duração da Viagem: o dia que eu for a Myanmar quero ficar 2 a 3 dias em cada cidade, exceto Bagan em que ficarei 4 dias. Acho todos os lugares essenciais.

Malásia

Um hub de vôos importante do Sudeste Asiático que atrai os turistas com seu caldeirão multicultural.

  • Kuala Lumpur: capital e cidade mais visitada, com templos hinduístas, chineses, mesquitas e as torres gêmeas Petronas Tower, que já foram as mais altas do mundo.
  • Praias: o país fica junto a Tailândia e, por isso, tem o mesmo mar incrível. Uma das mais famosas é Langkawi.

Duração da Viagem: para a capital, 2 a 3 dias são mais que suficientes. Para visitar as praias, uns 3 a 4 dias.

thumb_IMG_1930_1024

Petronas Tower em Kuala Lumpur

Cingapura

Um país-cidade, onde a modernidade convive junto com a religiosidade e onde ainda é possível curtir parque de diversão e praias artificiais na ilha de Sentosa.

Duração da Viagem: de 3 a 5 dias se conhece bem as principais atrações.

Indonésia

Um conjunto de ilhas fantásticas. Famosas pela mistura de cultura, religião e belezas naturais.

  • Bali: sem dúvida, o lugar mais famoso desse país. Mistura praias, templos, campos de arroz em um lugar enorme e com trânsito caótico.
  • Ilhas Gili: ilha acessível de barco desde Bali, com água clarinha e praias paradisíacas.
  • Borobodur: o maior complexo budista do mundo e Patrimônio da Humanidade.

Duração da Viagem: no mínimo uns 10 dias para o país se for só Bali (6-7 dias) e Ilhas Gili (3 a 4 dias). Para visitar Borobodur, acrescentaria 2 dias.

Filipinas

Um país de natureza inacreditável com praias paradisíacas.

  • Cebu: base para fazer aventuras como nadar com tubarões-baleia, canyoonering pelo rio e visitar uma lindíssima cachoeira chamada Kawasan Falls
  • Boracay: a região de praia mais badalada do país, com resorts e muitos europeus.
  • El Nido: região com as praias mais incríveis do país. Já foi eleito o lugar de praia mais bonita do mundo.

Duração da Viagem: no mínimo 10 dias para uma primeira visita no país, dividia igualmente nas cidades acima.

O clima em cada lugar

Viajar por essa região da Ásia traz uma forte ligação com o clima. Todos esses países são afetados pelas monções, em maior ou menor grau. As monções são chuvas fortíssimas, que fecham os acessos às cidades, inundam as ruas e prejudicam muito a vida dos turistas. Por isso, mais que para qualquer outro lugar, uma viagem para o Sudeste Asiático precisa estar alinhada ao clima certo. E como variam as estações em cada um dos países?

Tailândia: as monções acontecem, principalmente, entre maio e outubro de uma forma geral. Contudo, na região de praias, o Mar Andaman tem mais chuvas de abril a setembro e o Golfo, de setembro a dezembro. O calor se torna muito intenso a partir de março. De maneira geral, a melhor época para visitar o país é entre dezembro e fevereiro.

Vietnã: as monções por aqui são de maio a outubro. Entre dezembro e maio chove pouco, mas até fevereiro faz um certo frio no norte e pode ter muita neblina na Baía de Halong Bay. Os meses mais certeiros para o país seriam março e abril.

Laos: as monções se concentram de maio a outubro. Melhor época de visitar o país é entre dezembro e março, fazendo até um certo frio pela noite nesses meses.

Camboja: as monções se concentram de maio a outubro. Melhor época de visitar o país é entre dezembro e março, mas se prepare porque é sempre muito calor.

Myanmar: as monções se concentram de maio até novembro, sendo nessa época difícil conseguir fazer o vôo de balão em Bagan. Melhores épocas vão de dezembro até abril.

Malásia: aqui as monções mudam conforme a costa. Na parte oeste vai de maio a outubro e a parte leste de outubro a março. Para visitar a capital, os melhores meses seriam dezembro a abril. Mas há chances de chover quase em todos os meses.

Indonésia: aqui a chuva segue uma lógica um pouco diferente dos outros países, sendo maior entre dezembro e abril. Mas a intensidade é baixa. Isso faz com que as melhores épocas para visitar Bali, por exemplo, sejam de maio até setembro.

Filipinas: as chuvas por aqui são bem fortes, ocorrendo entre maio e outubro. Mas aqui há um grande problema de furacões também, indo de julho a dezembro a temporada. A melhor época seria de janeiro até março.

Mas claro que a natureza é dona dela mesma e, mesmo escolhendo a época certa, podem acontecer chuvas. Nós pegamos um dia de chuva nas praias da Tailândia, mesmo indo em fevereiro. Então, relaxe e curta mesmo assim!

thumb_IMG_0980_1024

O calor nos templos de Angkor Wat é intenso sempre!

Finalmente, o roteiro!

Então depois de analisar tudo que mencionei acima – nossos interesses, o que cada país oferece, a melhor época em cada lugar – e priorizando vôos diretos, fechamos nosso roteiro.

Acho muito válido misturar o turismo envolvendo a parte cultural/religiosa com a de praias/natureza. Assim, a viagem não fica cansativa (afinal três semanas vendo templos diariamente faz até o mais fanático cansar e começar a não dar a atenção devida) e mescla as principais atrações. Por isso, escolhemos Tailândia (sem a parte norte), Laos, Camboja e Malásia (por conta dos vôos). Deixamos a parte das praias para o final.

O roteiro ficou assim:

12/fev – chegamos em um domingo pela manhã em Bangkok.

13 e 14/fev – Bangkok

15/fev – Bangkok e vôo as 14 hrs para Luang Prabang (cia aérea Air Asia)

16 e 17/fev – Luang Prabang

18/fev – Luang Prabang e vôo às 14:35 para Siem Reap (cia aérea Vietnam Airlines)

19 e 20/fev – Siem Reap

21/fev – Siem Reap e vôo às 08:35 para Kuala Lumpur (cia aérea Air Asia)

22/fev – Kuala Lumpur

23/fev – Kuala Lumpur e vôo às 06:55 para Phuket, onde fomos direto para o píer e pegamos um ferry as 11 hrs para Ko Phi Phi

24/fev – Ko Phi Phi

25/fev – Ko Phi Phi e ferry às 15 hrs para Railay Beach

26 e 27/fev – Railay Beach

28/fev – Railay Beach, ferry para Krabi, transporte para aeroporto e vôo para Bangkok, onde dormimos ao lado do aeroporto

01/mar – vôo às 09:30 para Dubai (cia aéra Emirates)

02 e 03/mar – Dubai

04 mar – retorno ao Brasil com vôo às 09:00 (cia aérea Emirates)

Nos próximos posts contarei melhor dessa viagem incrível!

thumb_IMG_0164_1024

Ah essas praias da Tailândia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s