Deserto do Atacama: Tour Vinho e Salar Atacama

Este passeio que acontece pela tarde é uma opção mais alternativa. Depois de fazer os passeios principais, achamos interessante a ideia de conhecermos um vinho produzido na secura e na altitude deste deserto.

thumb_IMG_0568_1024-min

Horário: das 15 hrs até as 20:30 hrs

Incluído: degustação de vinho e coquetel

Preço: 60.000 pesos (na agência Flavia Bia Expediciones) + 2.500 pesos (entrada)

Nível Dificuldade: fácil

Roupa: em camadas. No tour do vinho sentimos muito calor (era verão) e no fim do dia, sentimos muito frio.

A primeira parte do dia foi a visita à vinícola super familiar do vinho Ayllu. Em um solo bem rígido devido à secura e com a altitude de mais de 2.000 metros, uma família consegue produzir um vinho de ótima qualidade.

thumb_IMG_0564_1024-minthumb_IMG_0566_1024-min

O passeio começa com a visita às plantações, onde vemos as uvas ali produzidas. Somos guiados por uma pessoa da família, dado que a vinícola é familiar e pequena.

Na volta, nos sentamos e provamos três tipos de vinho: um rosé e dois tintos. Os vinhos são muito gostosos e super difíceis de encontrar. A produção é tão pequena que quase não há exportação para fora de San Pedro do Atacama.

thumb_IMG_0585_1024-min6-min

No final, nos foi oferecido comprar os vinhos que desejávamos.

A visita foi boa mas não achei tão interessante frente a outras visitas que já fiz a vinícolas. Além disso, achei a família um pouco desorganizada, não sabendo oferecer e explicar direito seus vinhos. O passeio vale a pena para quem já conheceu as principais atrações do Atacama e tem um período extra.

5-min

Saímos da vinícola e fomos visitar a cidade de Toconao. Um pequeno povoado construído em 1554 pelos espanhóis. Na praça central fica a igrejinha da cidade, de 1744. O campanário (ou torre da igreja) fica separado, no meio da praça.

thumb_IMG_0599_1024-min

Foi aqui que vi a primeira llama da viagem. Ela estava comendo plantas e consegui me aproximar tranquilamente, fazendo carinho e tirando foto junto a ela. Também faz fama um cacto que enfeita a praça.

Para terminar o dia, retornamos ao Salar do Atacama. Para quem não leu o outro post, no dia em que iríamos visitar as Piedras Rojas choveu e o passeio foi substituído pelo Salar do Atacama. Assim, visitamos duas vezes este salar. A agência foi muito correta com a gente e nos ofereceu o dinheiro de volta por este segundo passeio repetitivo.

De novo, ficamos encantados neste salar de sal que é o terceiro maior do mundo. Ao longe, conseguimos ver os raios de uma chuva/temporal junto ao sol. Incrível essa natureza!

thumb_IMG_0604_1024-minthumb_IMG_0616_1024-min

Nosso coquetel seria no pôr do sol. Quando a mesa estava totalmente pronta, caiu uma chuva gigantesca! Incrível que 15 minutos depois, ela parou. Comemos debaixo de chuva e a sobremesa foi dentro da van.

thumb_IMG_0624_1024-min

Antes da chuva

thumb_IMG_0631_1024-min

Pôr do sol pós chuva, de dentro do carro

E assim, mais um dia neste lindo deserto chegou ao fim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s