Railay Beach, em 3 dias – para relaxar na Tailândia

Railay Beach é calma, relax e pé na areia. Conjugar esta praia com Ko Phi Phi é uma boa opção para curtir as praias tailandesas. Sabe aquele lugar pé na areia, sem carro, asfalto e com turistas felizes? Essa é Railay!

thumb_IMG_0506_1024-min

A grande beleza desta região está nos paredões e rochas que cercam as águas de cor azul-esverdeada. Inclusive existem vários pontos ótimos para escaladas em Railay, atraindo escaladores profissionais e amadores.

Railay Beach é o nome de uma praia, mas também representa uma pequena região, com outras praias. Ela fica no continente, na província de Krabi. Uma das bases turísticas mais famosas de Krabi é a praia de Ao Nang. Muitos se hospedam aqui e visitam Railay Beach em um passeio de um dia. Ao Nang é maior, tem mais opções de hotéis, restaurantes e de vida noturna, além de ser acessível de carro desde o aeroporto. A nossa escolha por Railay foi justamente pelo contrário – lugar relax, calmo, sem muita badalação e sem carros.

thumb_IMG_0559_1024-min

Railay Beach

Como chegar?

Apesar de ficar no continente, só é possível chegar de barco ou ferry a Railay. Há duas principais origens/destinos para se chegar ou sair:

  • Krabi Town: para quem chega no aeroporto de Krabi ou está alguns dias em Ao Nang, a travessia até Railay é feita pelos Long Tail, aqueles pequenos barcos típicos da Tailândia. Para acessar estes barcos em Railay, há um píer móvel que fica no lado Leste (Railay East). Nós fizemos esta rota na volta. Saímos de Railay às 11 horas da manhã e o trajeto de barco durou 30 minutos. De onde chegamos, embarcamos em um carro direto para o aeroporto (em torno de 45 minutos de estrada). Compramos todo o trajeto, até o aeroporto, em uma das inúmeras lojas de passeios em Railay.
  • thumb_IMG_0838_1024-min

    Este é o píer móvel para Krabi

    Ko Phi Phi: há um único ferry diário entre Ko Phi Phi e Railay Beach sem precisar ir até Ao Nang. Ele sai às 09:45 hrs de Railay e às 15:30 hrs de Ko Phi Phi. O ferry saí do lado Oeste de Railay (Railay West). Mas aqui não há píer! É preciso carregar as malas pela areia, depois no colo até um Long Tail que transporta para o ferry, ou vice e versa. Nós fizemos a rota Ko Phi Phi – Railay Beach. Claro que a parte das malas é meio chata, mas a beleza do lugar compensou.

thumb_IMG_0665_1024-min

Um pôr do sol compensa o sofrimento das malas

Entendendo Railay 

Railay se divide em duas partes: Railay West (oeste) e Railay East (leste). Quem chega vindo de Ko Phi Phi, desembarca na parte oeste. Já quem vem de Ao Nang, chega pelo lado leste.

 

Captura de Tela 2017-10-16 às 22.17.12

A ligação entre as duas regiões ocorre por uma rua. O lado oeste é o que é considerado mais bonito pois é banhado diretamente pela praia de Railay. O lado leste é banhado por um mangue. Os hotéis mais caros estão no lado oeste, por exemplo. Eu acabei ficando no lado leste e estava receosa com o mangue. Mas acabei adorando ficar deste lado! O mangue tem uma beleza encantadora, variando de acordo com a maré. Achei também os restaurantes do lado leste mais legais e animadinhos. Por fim, o acesso à praia Phranang é bem mais perto do lado leste.

thumb_IMG_0580_1024-min

Vista do lado leste

thumb_IMG_0558_1024-min

Mangue com a mare cheia

thumb_IMG_0842_1024-min

Mangue com maré baixa no pôr do sol

Mas, de forma geral, ficar em um lado ou outro não faz tanta diferença assim pois passar de um para outro é tranquilo e rápido.

As principais praias da região são: Railay Beach, Phranang Cave Beach e Ton Sui Bai. As duas primeiras são facilmente acessíveis a pé. Esta última também, desde que a maré esteja baixa.

Nosso hotel

Escolher onde ficar em Railay pode ser um desafio para quem quer economizar. Ao mesmo tempo, pode ser aquele lugar da viagem para dar uma esbanjadinha, pois curtir o hotel também é um prazer por aqui.

thumb_IMG_0849_1024-min

Vista do nosso hotel

Os melhores hotéis ficam no lado oeste. Nós ficamos do lado leste para tentar não pagar tão caro. O problema mesmo foi puxar as malas quando chegamos de Ko Phi Phi. Nosso hotel não oferecia ajuda como outros hotéis.

Mas o hotel em si era muito top! Ficamos no Avatar Railay. O quarto era muito espaçoso, com banheira e varanda privativa. Ainda ofereciam uma bolsa para a praia e dois guardas sóis pequenos. O café da manhã foi o melhor da viagem, sem dúvida. Pagamos $120 por diária, o casal.

Nosso roteiro 

Dia 1

Nós chegamos no final do dia em Railay e apenas curtimos o jantar do lado leste mesmo.

Dia 2

Fomos até a Phranang Beach primeiro. Andando até o final do lado leste, há uma plaquinha indicando a praia. É preciso fazer um caminho de uns 5 minutos por meio de rochas/cavernas com a presença de macaquinhos prontos para pegar a comida dos turistas desavisados.

thumb_IMG_0489_1024-min

A entrada na praia é espetacular! Um paredão, com desenhos das rochas, em uma água azul esverdeada. A primeira vez que chegamos ali foi por volta das 8 hrs da manhã e estava vazia. Perfeita!

thumb_IMG_0921_1024-min

thumb_IMG_0499_1024-min

Nesse canto da praia, fica uma caverna onde os pescadores deixam imagens para a deusa Shiva. Só que as imagens são bem diferentes do que estamos acostumados. São em formato de pênis! E é na verdade o símbolo de Shiva. Representa a fertilidade. Os pescadores deixam ali para pedirem sorte e fartura na ida ao mar.

thumb_IMG_0494_1024-min

Voltando a praia, o meio dela tem um paredão que se destaca no meio do mar. Pegamos a maré baixa e era possível ir caminhando até a pedra com água apenas no tornozelo. Depois que a maré subiu, a água já batia no meio do meu corpo!

thumb_IMG_0539_1024-minthumb_IMG_0524_1024-min

No outro canto da praia, fica uma outra rocha enorme. Um casal tirava fotos para o casamento e achei que mandaram muito bem no cenário!

thumb_IMG_0535_1024-minthumb_IMG_0527_1024-min

Voltamos dessa praia e fomos em direção a Railay Beach. Uns 20 minutos de caminhada e chegamos por lá. Ela é muito bela também, mas confesso que gostei mais da primeira. E a praia foi enchendo!!

thumb_IMG_0559_1024-minthumb_IMG_8302_1024-min

Resolvemos voltar a Phranang para almoçar. A quantidade de gente agora era muito grande. Que diferença! Vários barcos Long Tail estacionam no meio da praia e vendem comida e bebida. Compramos Pad Thai e cerveja, sentamos na areia e curtimos este cenário delicioso para almoçar.

Para fechar o dia, voltamos a Railay Beach para curtir o famoso pôr do sol. O tempo estava bem nublado, mas a beleza daquela cena ficará para sempre na minha memória!

thumb_IMG_0644_1024-minthumb_IMG_0675_1024-minthumb_IMG_0690_1024-min

Jantamos no nosso hotel. Uma ótima pedida! Tinha uma dançarina típica que ficava na porta do hotel fazendo umas dancinhas de vez em quando.

Dia 3

Nesse dia fizemos um passeio de lancha rápida por paisagens daquelas maravilhosas! Primeiro Koh LaDing, Koh PakBia, Hong Lagoon e Hong Beach. Se eu gostei? Imagine o quanto! Leia aqui o post completo.

Na volta, pegamos um temporal que acabou com a chance de vermos um novo pôr do sol.

Para fechar nossa estadia em Railay Beach, fomos jantar em um restaurante muito perto da Railay Beach.

Dia 4

Este dia foi inteiro dedicado ao retorno! Pela manhã ainda caminhei por Phranang. Mas depois começou a saga: long tail às 11 hrs da manhã + carro até o aeroporto + vôo para Bangkok + uber até o hotel em que dormiríamos perto do outro aeroporto.

thumb_IMG_0551_1024-min

Fechando os dias de praia na Tailândia, só posso reforçar a lista das apaixonadas pelo país. Vá e curta muito! Mesmo com toda a popularidade, o encantamento é garantido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s