Post Resumo – Viagem 2 semanas pela Espanha com Gilbratar

Nossa, foram 16 dias de viagem. Mas foram tão intensos que renderam muitos e muitos posts. Após escrever o último deles, hora de fazer um post reunindo tudo que escrevi para facilitar a leitura.

IMG_0971

Planejamento: qual nosso roteiro, como nos deslocamos e algumas dicas práticas

ROTEIRO DE UMA ROAD TRIP PELA ESPANHA EM 2 SEMANAS

Posts sobre todas as cidades visitadas

CHINCHON E ARANJUEZ – BATE E VOLTA PERFEITO DESDE MADRID

CÓRDOBA – A MESQUITA-CATEDRAL E A PONTE ROMANA

CÓRDOBA E SUAS OUTRAS ATRAÇÕES Continuar lendo

Alhambra, a monumental atração de Granada

Ali no alto de uma colina em Granada, reinando absoluta, está a Alhambra. Vista de muitos pontos de observação ao longo da cidade, ela é atração obrigatória! Um palácio fortaleza, com lindos jardins e cercada por uma muralha.

IMG_1522

O nome origina-se do termo árabe “Qal’at al-hamra” que significa “castelo vermelho (ou castillo rojo)”. A história conta que já existiam construções desde o século IX por ali, onde moravam os reis da época. Mas a construção do que vemos hoje, iniciou de fato a partir do reinado de Al Ahmar, em 1238. Com a expulsão dos árabes, em 1492, os reis católicos passaram a habitar o palácio e introduziram algumas novas alas.

Continuar lendo

Granada, além da Alhambra

Granada é daquelas cidades que não dá para não visitar quando estiver na Andaluzia! Ela foi o mais importante centro da época moura e guarda muitas características desse tempo. Foi também a última cidade a se render aos espanhóis.

IMG_1482

De onde viemos? Málaga

Distância percorrida: 125 km

Para começar com o pé direito, nos hospedamos no bairro mais famoso da cidade, chamado de Bairro Albaicín. Um dos bairros mais antigos de toda Europa, conhecido como bairro árabe, fica no alto de uma colina. Logo, a vista dali é linda! Mas ao mesmo tempo se prepare para subir ladeiras e escadas. E foi esse o único motivo pelo qual não gostei de me hospedar por ali.

Continuar lendo

Málaga, uma grata surpresa

Então vamos para nossa próxima parada: Málaga, a segunda maior cidade da Andaluzia. Não sabia muito o que esperar desta cidade, mas que grata surpresa! A cidade é um encanto e a minha vontade era passar um bom par de dias por ali.

IMG_1430

De onde viemos? Gilbratar

Distância percorrida: 134 km

O caminho que percorremos beirava o litoral conhecido como Costa del Sol. Pelo caminho passamos por meio de morros que davam uma bela vista. Continuar lendo

Ronda, uma romântica cidade andaluza

Ronda foi o destino final do nosso dia dedicado aos Pueblos Blancos da Andaluzia. Apesar de não fazer parte desta rota, ela é um ótimo destino final  para quem percorre este caminho.

IMG_1137

De onde viemos? Ubrique

Distância percorrida: 52 km

Ronda é um cidade fundada no século VI a.C. e por ali já passaram diversos povos, como os romanos. A sua posição, 800 metros acima do nível do mar, e na beira do cânion do Rio Guadelevin, a torna tão bela e romântica. Suas casinhas  se equilibrando na beira do penhasco formam imagens de tirar o fôlego, literalmente.

Continuar lendo

Ruta de los Pueblos Blancos na Andaluzia

No coração da Andaluzia, existe um conjunto de cidades brancas e belas, atravessados pelos Parque Natural da Serra de Grazalema. Elas formam uma das mais belas rotas turísticas da Espanha: a rota de los Pueblos Blancos.

IMG_1086

Estas cidades são formadas por casas pintadas de branco e o motivo disto é o calor incessante da Andaluzia. Para tentar repelir o calor e aliviar um pouco a temperatura, as casas são pintadas de cal branca.

Continuar lendo

Sevilla e suas outras atrações

Depois de conhecer as duas principais atrações de Sevilla – Catedral e Real Alcazár – é hora de descobrir as outras inúmeras facetas desta cidade.

IMG_0905

Ainda remetendo ao lado histórico de Sevilla, vale conhecer o Arquivo Geral das Indias, que foi criado por Carlos III, em 1785, para controlar e organizar o comércio com as colônias. O mais interessante ali é, dentre os mais de 43 mil documentos, observar o original Tratado de Tordesilhas. Infelizmente, ele não estava quando visitamos.

Continuar lendo

Sevilla – a Catedral e o Real Alcazár

Para começar a falar dessa bela cidade, cito a frase que resume Sevilla, extraída do meu guia Lonely Planet: “Algumas cidades tem beleza. Outras tem alma. Poucas tem ambas.” Sevilla é assim, bela nas suas construções suntuosas e recheada de história e personalidade.

IMG_0737

Sevilla pela noite: o moderno convivendo com o antigo

Sevilla foi dominada pelos romanos, sendo conhecida nessa época como Hispalis e funcionava como uma importante cidade portuária devido ao rio Guadalquivir que se conecta ao oceano. Depois foi a época dos mouros a dominarem, tornando-a a mais importante dos reinados da região após a queda de Córdoba. Em 1248, Sevilla foi dominada pelo rei cristão Fernando de Castilla. A cidade ganhou importância e, devido a sua localização, se tornou uma cidade muito importante no domínio espanhol das colônias americanas. Era de Sevilla que a Espanha controlava todo o comércio com as colônias, o que tornou a cidade uma das maiores do século XVI. Continuar lendo

Córdoba: Restaurante Bodegas Mezquita e nosso hotel

A Espanha é um país com muitas especialidades gastronômicas e todo um ritual envolvendo as refeições. Comer tapas (pequenas porções de comidas) acompanhadas de uma boa bebida, até altas horas da noite, independente do dia da semana, é um cenário constante nas cidades espanholas. Já de dia, a siesta é um ritual levado muito a sério! Nas cidades menores, não encontrávamos absolutamente nada aberto.

Mas ainda estamos em Córdoba e nossa primeira refeição na cidade foi simplesmente sensacional! Lemos as dicas no Tripadvisor e escolhemos o restaurante Bodegas Mezquita. Fizemos reserva porque o restaurante é bem cheio. Apesar de estar numa área muito turística (do lado da mezquita), o restaurante é frequentado por muitos locais.

IMG_0426

Mezquita pela noite

Começamos escolhendo um vinho espanhol para acompanhar as tapas que iríamos pedir.

Continuar lendo

Córdoba e suas outras atrações

O Alcázar de los Reyes Católicos é uma das outras grandes atrações de Córdoba. Assim como outras atrações dessa cidade, ela mistura elementos árabes e cristãos. Quando Córdoba era a capital do reinado árabe de Al-Andaluz, ali funcionava a sede do governo e era a residência dos califas. Após a conquista da cidade pelos cristãos, Afonso XI ordena a criação de um Palácio no lugar. Por 8 anos aqui viveram os reis Fernando de Aragón e Isabel de Castilla. Depois disso, o lugar teve algumas outras funções, como sede da Inquisição e mesmo prisão.

IMG_0286 IMG_0337

Uma curiosidade sobre o alcazár é que foi ali que os reis cristãos se encontraram com Cristovão Colombo, em 1492, antes de sua partida para as Américas! E no jardim, vimos uma escultura que representa justamente o encontro. Continuar lendo