Auckland Museum – #MuseumWeek

Entre 23 e 29 de março de 2015 ocorre o Museum Week. Uma iniciativa super legal que convida museus ao redor do mundo a divulgar postagens temáticas no twitter. Uma forma muito inteligente de tornar a cultura mais acessível e interessante a todos.

Desde janeiro faço parte da RBBV (Rede Brasileira de Blogs de Viagem), o que me deixou feliz demais! Mais ainda porque vou participar da minha primeira blogagem coletiva!!! Para celebrar o #MuseumWeek cada um dos blogs participantes irá apresentar algum museu que visitou e gostou demais.

IMG_5905

A escolha foi difícil porque já conheci alguns museus nesses anos viajísticos (e alguns outros museus aqui na minha cidade) e escolher um é difícil. Eu tenho um encanto maior por museus que contém um pouco de culturas e povos antigos. Adoro imaginar a época e como era o cotidiano das pessoas.

Continuar lendo

Auckland e o fim da saga neo zelandesa

Foram dois dias bem intensos conhecendo alguma das principais atrações da Ilha Norte. Para terminar a jornada por essa ilha e também pela Oceania, nos restava um dia em Auckland, de onde partiria nosso vôo em direção ao Rio de Janeiro.

IMG_5887

Auckland, apesar de não ser a capital da Nova Zelândia (esse título é de Wellington) é, sem sombra de dúvidas, a cidade mais populosa. Centro financeiro e econômico do país, foi onde sentimos realmente um clima de cidade grande, com trânsito e muitos habitantes e turistas. Continuar lendo

Waitomo e Rotorua: uma boa dobradinha na Ilha Norte da Nova Zelândia

Depois de cinco dias muito bem aproveitados na Ilha Sul (olha aqui!), chegamos no aeroporto de Auckland para mais três dias conhecendo a parte Norte desse país.

IMG_5635

Chegamos ainda pela manhã, alugamos um carro na Ace e partimos em direção a Waitomo. Na saída de Auckland, vimos pela primeira vez um trânsito intenso nesse país e auto estradas movimentadas. Nosso GPS nos guiou e lá fomos nós.

Continuar lendo

Milford Sound: o lindo fiorde da NZ

Imperdível e incrível! Esse fiorde é o mais famoso e mais belo da Nova Zelândia e um dos finalistas a Maravilha Natural do Mundo.

IMG_5190

Os fiordes foram formados na idade glaciar, há milhões de anos. Com a temperatura fria, as geleiras avançaram e erodiram as encostas das montanhas ao redor. Quando a temperatura da terra aumentou, as geleiras diminuíram e a água ocupou o lugar antes das geleiras, formando os fiordes que são uma entrada dos mares cercadas por altas formações rochosas. O poder de erosão do gelo é muito maior do que o da água em seu estado líquido e, por isso, os fiordes tem montanhas com encostas tão íngremes. Como os fiordes foram formados a partir das geleiras, eles são encontrados nos pontos mais extremos do mundo, como Noruega e Nova Zelândia.

Continuar lendo

Queenstown, a princesinha da Nova Zelândia

Eu tinha lido vários elogios a Queenstown durante meu planejamento e estava super ansiosa para chegar na principal cidade da Ilha Sul, o lugar dos esportes radicais!

A cidade está localizada à beira do Lago Wakatipu e aos fundos estão as Montanhas conhecidas com The Remarkables, onde no inverno funcionam pistas de esquis.

IMG_4894

Sem dúvida essa é a cidade mais visitada da Ilha Sul e só de chegar percebemos a quantidade de turistas, de várias nacionalidades por ali. O mais incrível é que os brasileiros representam 1/3 dos habitantes dali! Pela facilidade de imigração e pela qualidade de vida excelente dali, muitos brasileiros chegam para estudar inglês e, uma boa maioria, continua por ali.

Continuar lendo

De Fox Glacier a Queenstown, passando por Wanaka na Ilha Sul da NZ

A viagem pela Ilha Sul continua e as surpresas do caminho só aumentam.

IMG_4761

Lake Matheson

O segundo dia foi a vez de irmos de Fox Glacier até Queenstown, em uma rota de 327 km que, pelo Google Maps, pode ser feita em apenas 4 horas. Mas, com as belezas do caminho, a viagem leva fácil um dia inteiro.

Captura de Tela 2015-02-01 às 22.14.34

Mas antes de dar partida, ainda em Fox Glacier, além de conhecer a geleira (como contei aqui), é preciso visitar o Lake Matheson.

Continuar lendo

Franz Josef e Fox Glacier – conhecendo as geleiras da Nova Zelândia

No país das maravilhas chamado Nova Zelândia mais uma atração da natureza nos encantou: as geleiras. Nunca tinha visto tão de perto algo assim e, mesmo não podendo de fato caminhar por elas, foram encantadoras as horas sentindo aquele friozinho ali tão pertinho de nós.

Geleiras são imensos blocos de gelo formados pelo acúmulo de neve em alguns locais da Terra. A maior de todas está na Antártida, mas em alguns outros pontos ela se faz presente. Uma curiosidade é que as geleiras são o maior reservatório de água doce do nosso planeta!

IMG_4796

Com o aquecimento do planeta dos últimos anos, uma boa parte dessas geleiras vem derretendo, aumentando o nível dos oceanos. Nas duas geleiras que visitamos, há fotos mostrando como era no passado e é impressionante como em poucas décadas o recuo foi bastante significativo.

Continuar lendo

Arthur’s Pass e Hokitika na Ilha Sul da Nova Zelândia

Viajar pela Nova Zelândia é como entrar em um mundo de conto de fadas. Nunca vi tantas paisagens diferentes e deslumbrantes em um território tão pequeno como esse. Tem praia, tem neve, tem lagos, tem montanhas, tem fiordes, tem vulcões…

IMG_4626

Indo para o Arthur`s Pass

Difícil é decidir o que visitar! Como contei neste post aqui nós passamos 5 dias na Ilha Sul e mais 3 dias na Ilha Norte. Escolhemos viajar com um carro alugado, mesmo tendo que dirigir na mão direita! Mas, sinceramente, foi muito fácil. As estradas ali são um tapete e quase não há movimento pelo interior do país. Continuar lendo